Marido incendeia casa após mulher negar sexo

0
106

Uma mulher de 42 anos e seu marido de mesma idade tiveram queimaduras em cerca de 75% e 90% do corpo, respectivamente, no domingo , em Ceilândia, no Distrito Federal. A Polícia Civil do DF investiga o caso como uma tentativa de feminicídio e de suicídio porque o marido, identificado apenas pelas iniciais N.S., teria ateado fogo na residência, após a mulher ter se recusado a fazer sexo com ele.

O autor alegou que queria ir à Feira do Rolo negociar alguns móveis e, como sua companheira não permitiu, ele pegou o combustível, e ela o isqueiro.

Segundo a vítima, porém, o marido queria manter relação sexual durante a noite, mas devido a uma dor de cabeça, ela negou a investida. Diante disso, o homem é quem teria incendiado a casa.

Segundo o policial militar que atendeu a ocorrência, durante patrulhamento na área da circunscrição da 19ª DP foi informado pelo Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) de uma ocorrência que, inicialmente, seria de vias de fato. No entanto, quando chegou no local indicado encontrou duas pessoas na calçada com ferimentos nos corpos.

Segundo informações da Divisão de Comunicação (Divicom) da Polícia Civil do Distrito Federal, o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) controlou as chamas.

Ambos foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e foram encaminhados ao Haran. O casal vivia junto há cerca de um mês.

A Central Integrada de Atendimento e Despacho (Ciade) informou que houve uma tentativa de suicídio, tentativa de feminicídio e incêndio por volta das 6h45 deste domingo. Embora o caso tenha sido registrado na 24ª DP, está sendo apurado pela 19ª DP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here